quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Passo 4 de 12

Eu me perguntei muitas vezes como alcançar essa força, e por mais que eu nunca soubesse, ela sempre esteve lá. Sempre me mostrando o caminho correto independente das circunstâncias, sempre houve uma forma de traduzir o que há em meu coração. A linguagem da poesia nunca foi um obstáculo.
Agora é hora de eu descobrir o que eu sou e o que eu preciso usar pra combater os meus defeitos. E pra isso eu tenho que descobrir quais são minhas vantagens, e usá-las para destruir o meu lado fraco.

E quem sabe, com alguma sorte, ascender.

Polêmica #38 - Polarização Virtual

Veja bem, eu não tenho nenhum problema com você expressar suas opiniões nas realmente tenho um sério problema quanto as redes sociais:


Parem... Apenas parem...

Pensando Sobre Matemática #37 - MateMarketing

Não sei porque, mas resolvi juntar marketing com matemática, só pra gente ver que os dois podem se relacionar sim e muito bem.


Ligue seu Javascript e vamos com o Mathjax ver essa parada!

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Hardcore Devel #37 - Navegadores Congestionados

As pessoas que desenvolvem serviços de informática distribuídos tem um grave problema:


Jogar todo o serviço em cima dos browsers.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Gyff & Tsumomo #38

Higuma era perita em magia de distorção de luz. Gyff não era especificamente bom nisso, pois só conseguiria fazer o mesmo em ambientes de baixa luminosidade, ao atacar o ladino ela se revelou momentâneamente. Someisa e Tsumomo a viram atacar e mesclar-se com o ambiente novamente, porém não tiveram tempo de reação uma vez que ele empurrou a gueixa na direção da arquimaga.

O jovem ainda sentia dor, e após a sua ação, a diretora da academia resolveu fazer um acordo com ele. Ela se aproximou enquanto ele ainda estava deitado, se abaixou com as mãos nos joelhos e disse:

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Renata e o Desconto

Renata era um menina tranquila. Lá pelos seus 1,60m e mais uns quebrados, 20 e mais alguns anos, 70kg arredondado pra cima, cabelo preto longo, estava vestida pra ficar em casa, ou seja, pijama rosa de shortinho, ainda de pantufas, porque em casa ela gostava de usar esse tipo de calçado e estava olhando os e-mails no celular.

Um e-mail da operadora de celular, oferecendo 20% de desconto chegou em sua caixa de entrada. Ela supôs que fosse uma arapuca, mas ia ligar assim mesmo. Mesmo que não obtesse o desconto, pelo menos ela tinha certeza que o valor da mensalidade não ia aumentar. O que custa fazer uma ligação, então?

Dá o Play Macaco #36 - Charlotte

Dar o play não significa só conhecer uma banda


Mas também pra conhecer outras coisas curiosas.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Passo 3 de 12

Eu procurei, e procurei, e ainda não consegui me livrar. O fantasma do meu vício é forte, e eu já sucumbi algumas vezes.
Mas não vou desistir. Não posso desistir. Eu tenho que ser mais forte, eu tenho que conseguir atingir um poder com o qual eu posso subjugar os meus problemas. Eu não consegui descobrir o que é, mas consegui descobrir que essa força existe. Existe na minha alma. Eu só preciso conseguir algum acesso a ela para me libertar.

Eu só preciso me manter calmo para invocar esses poderes latentes quando o vício aparecer.

É isso. Eu vou encontrar uma forma de estar sempre na presença dos meus poderes.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Polêmica #37 - Armamento x Desarmamento

Esse é um assunto geralmente polêmico, e vem fazendo parte da situação do Brasil especialmente por causa da criminalidade atual nas grandes cidades. A pergunta é: Deveria o porte de arma ser legalizado para qualquer cidadão?

E antes que você diga qualquer coisa, pra defender qualquer um dos lados, pense primeiro e tente compreender o quão complicada é essa questão e você vai entender porque existe toda essa polêmica, e depois dissso você vai entender que cada local precisa de um tratamento adequado com relação a esse assunto.

Que comece a polêmica!

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Pensando Sobre Matemática #36 - Em Busca das Relações de Igualdade

A matemática é feita de equações. Não há dúvida disso. Ok, não é só de equações, mas é majoratiariamente delas, mas existe uma razão para ser assim. Por que será?


Você já fez essa pergunta antes?

Hardcore Devel #36 - Minimalist Arena #6

Falae galera, desculpa o atraso nos posts.

Por causa disso não vai ter imagemzinha no cabeçalho, mas permitam-me explicar enquanto é tempo.

O projeto Minimalist Arena é o meu projeto final, e agora que eu estou conseguindo mais tempo para arrumá-lo ele pode andar a passos um pouco mais longos. Esses últimos dias foram muito preciosos para o desenvolvimento do programa e do texto. Que ainda estão em fase parcial, mas já melhoraram bastante. Ao final do texto eu vou colocar um link para o texto parcial se alguém quiser ler. Se não tiver é porque o blogger não me deixou upar o arquivo como anexo.

domingo, 18 de outubro de 2015

Parcimônia Frenética #2 - Na ponta da língua (Parte 2)

O estranho gesto da senhora foi progressivamente posto de lado entre os pensamentos de Cherry enquanto ela completava seu caminho para casa. Tendo toda a situação bizarra sido completamente apagada de sua mente no momento em que bateu a porta atrás de si após entrar em casa.

A casa, como sempre, estava vazia. A mãe só chegaria do trabalho mais tarde, às vezes trazendo alguma coisa gostosa comprada num restaurante ou lanchonete no caminho. Ela largou a jaqueta grande e pesada no gancho atrás da porta, e pulou para fora das botas enquanto se dirigia para a escada deixando-as jogadas de qualquer jeito num canto da sala.

Ela subiu até o segundo andar da casa e foi direto para o seu quarto. Sem nem se preocupar de trocar de roupas, se jogou na cama, pôs os fones de ouvido e começou a navegar pelos diversos aplicativos e redes sociais através do celular. Sequer notou o tempo passar e o dia escurecer. Plenamente livre de todas as preocupações. Mas, mesmo assim, ouviu o carro parar em frente a casa, os passos de salto andando até a porta e as chaves girando na fechadura. Sua mãe havia chegado.

Gyff & Tsumomo #37

Gyff havia encontrado uma janela aberta, e a maldita barreira dimensional da academia ainda não estava ativa. Isso era bom, pois agora ele estava do lado de dentro, e ao mesmo tempo era ruim pelo mesmo motivo. Não haviam estudantes nem professores. Foram dois dias seguidos de expediente encerrados prematuramente. O ladino sentia que estava no lugar errado na hora errada.

Mas ele não estava ligando muito pra isso.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Consequências Desastrosas

Gicmaal, um cara normal na medida do possível, estava em uma loja de brinquedos. Sua barba estava por fazer, estava usando camisa preta, calça jeans escura e um tênis branco. Bastante neutro e não é a coisa que diríamos mais amigável, porém o que ele não esperava é encontrar algo tão bobo naquela loja que pudesse prender a sua atenção como aquilo o fez.

Era um brinquedo bobo. Um bichinho de pelúcia que ao ser apertado colocava a língua para fora. Ele apertou o bichinho uma vez, e ele pôs a língua para fora como era esperado. A princípio não era nada de mais, mas ele repetiu e começou a achar o brinquedo engraçado.

Ele só não sabia das consequências de ter descoberto isso.

Dá o Play Macaco #35 - Lulu Santos

Um classicão da música brasileira


Ah o nome dele ta aí na cara do vídeo.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Parcimônia Frenética #1 - Na ponta da língua (Parte 1)

Esther era uma adolescente descolada de 17 anos, terminando seus estudos escolares e ansiosa pela vida de caloura na faculdade. Gostava de jaquetas largas e toucas, usava all-star e tinha uma argola no lado direito do nariz. Usava maquiagem pesada nos olhos e estava constantemente mascando chiclete. E, como a adolescente descolada que era, não gostava nem um pouco do seu "nome de velha", Esther. De fato, o nome vinha de sua bisavó. Então, para os amigos e chegados o seu nome era "Cherry", graças aos cabelos rosa-escuros.

Enfim, Cherry era uma adolescente bem comum. Não muito diferente de muitas outras adolescentes terminando seus anos de escola por aí. Mas Cherry era uma garota muito atenta, perceptiva. Sempre prestava atenção ao seu redor e nas pessoas próximas. E isso tinha lhe salvado de muitos problemas e situações embaraçosas até agora. Até agora.

Passo 2 de 12

Será que existe alguma forma de me libertar? Isso tem sido cada vez mais difícil. Quanto mais eu evito esse poder, ele me esmaga de uma forma cruel. Como é que eu vou fazer para evitá-lo? Eu simplesmente não consigo me esquivar e resistir tem se mostrado quase impossível.

Se eu tivesse alguma ajuda, se existisse alguma coisa capaz de extinguir isso pra sempre, então eu poderia fazer o fosse necessário para conseguir o apoio dessa coisa para eliminar o meu problema.

Mas quais serão os custos? Será que eu não entrarei em um vício ainda pior? Será que existe algum poder superior ao que me corrói que pode finalizá-lo causando uma quantidade mínima de danos?

Deve existir. Deve estar em algum lugar. Alguma coisa tem que ser superior a isso, ou todos teriam o mesmo problema. O que poderia ser?

Polêmica #36 - A briga dos MOBAs

Cara, eu vi o vídeo do NãoMuitoNoob no youtube, e eu vou deixar aqui pra vocês verem também.


E essa vai ser a polêmica dessa semana.

Pensando Sobre Matemática #35 - Função do Primeiro Grau

E continuamos dissertando sobre funções conhecidas!


E agora vamos falar finalmente sobre essa coisa na imagem! Ligue o javascript pra ativar o MathJax e vambora!

Hardcore Devel #35 - Sistemas Sustentáveis #4

Hoje vamos voltar a falar um pouco daquilo que eu já falei que é a memória virtual. Só que hoje a gente vem com um propósito um pouco diferente.


Vamos dar uma futucada e aprender a mexer na memória virtual dessa joça.

domingo, 11 de outubro de 2015

Gyff & Tsumomo #36

Antes que Higuma pudesse ter qualquer reação, Someisa rapidamente fez alguns gestos com a mão e a lançou para longe fazendo com que ela batesse em uma das colunas do pátio e ela rachasse. Aos poucos a arquimaga ia congelando a invasora enquanto Tsumomo apenas observava, levemente atônita. O fluxo de energia que ela sentia era de uma magnitude que ela só foi capaz de ver quando foi levada para a guerra aprisionada.

Higuma foi imobilizada e subjugada por Someisa, antes que pudesse usufruir do poder do Cristal Marvin que ficava escondido dentro da estátua que fora pulverizada há alguns instantes. A diretora da academia fez questão de pegar o cristal com a mão.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

O Conflito Temporal

Ramon acordou de manhã cedo para trabalhar. Era solteiro e naturalmente tinha o seu quarto bagunçado como bem gostava e isso também fazia com que ele tropeçasse nos mais diversos objetos espalhados, naturalmente. Ele levou seu corpo de 1,90m e 80kg até o despertador e o desativou. Como bom preguiçoso que era, voltou a dormir.

Ele só não imaginaria as consequências catastróficas de suas ações.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Dá o Play Macaco #34 - Yngwie J. Malmsteem

Das terras guitarrísticas neoclássicas, eis que surge um anão.


Com uma Fender Stratocaster.

Passo 1 de 12

Eu sou viciado, e a minha vida tem se tornado um inferno por causa disso. Ela desce cada dia mais e mais rumo a um abismo sem fim. Não há nenhum suporte nem nenhuma forma de atenuar a minha queda livre rumo a minha danação.

Eu não tenho poder sobre essa queda. Não adianta balançar os braços. Não adianta nada. Todos os meus esforços foram em vão. Parece que quanto mais esforço é feito, mais rápida é a minha queda. Me pergunto se existe alguma forma de evitar, ou acelerar, o fim.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Pensando Sobre Matemática #34 - Funções de Números Reais #1

E lá vamos nós pensar sobre matemática! E dessa vez nós vamos tentar uma abordagem um pouco mais prática.


Isso não significa que eu irei adicionar praticidade a sua vida. Ligue seu Javascript e vamo nessa que é bom a beça!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Gyff & Tsumomo #35

- Que tipo de coisa estranha? Aquela academia já é famosa por causa da diretora. - Perguntou Konvaa a Gyff.
- Tá legal, vou te contar a história. - Disse ele imitando o gesto do detetive e se apoiando sobre a mesa. - Eu estava lá na academia e eu vi Tsumomo e mais uma outra mulher sendo atacadas por um grupo estranho. Mas eles não pareciam querer de fato acertá-la, nem ela parecia estar brigando de verdade.
- E o que você fez?
- Bom, eu entrei lá e incapacitei os caras com quem elas pareciam estar brigando.
- Você acabou de falar que ela não parecia estar em combate.
- Depois que eu vi do que ela é capaz de fazer que eu cheguei a essa conclusão.

Hardcore Devel #34 - Minimalist Arena #5

E estamos de volta com mais um pouco do nosso diário de desenvolvimento da Minimalist Arena. O jogo que talvez não saia, mas vai ficar pra sempre na minha memória.


Não é esse aí não, apesar dele ser lendário.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

A Noite Louca de Akemi

Era mais um dia normal para a jovem Akemi. Uma estudante que passava casualmente pelas ruas usando aquele seu uniforme característico com meias longas e saia relativamente curta. Seus cabelos negros em formato de maria chiquinha e seu corpo exuberante causavam um certo ar fetichista na maioria dos homens a sua volta mas ela não estava nem aí.

Estava de noite já e ela estava voltando para casa depois de sair do rodízio de frutos do mar com suas amigas. A rua estava deserta e ela foi surpreendida pela voz de um homem que falava gritava "Perdeu! Perdeu! Perdeu!", e ela rapidamente levantou as mãos e já estava pronta para ser assaltada.

Dá o Play Macaco #33 - KOKIA

Eu sabia que algum dia eu não iria resistir, e esse dia chegou.


Conheçam Akiko Yoshida!

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Sopa de Links

Eu não sabia o que fazer essa quarta, e nem tive tempo pra parar para fazer qualquer coisa. Então eu resolvi fazer uma coisa simples. Colocar alguns links de coisas interessantes da internet. Então vamos lá, esse aqui é diretão.


5 ta bom pra começar. Da próxima vez eu vou ver se consigo lembrar de mais links pra botar por aqui.